DÚVIDAS FREQUENTES
A votação A votação será mista, ou seja, via correspondência e presencial(sede do CRM-AP), sendo o kit eleitoral postado via Correios. É importante que o endereço de correspondência esteja atualizado no sistema do Conselho, para garantir o recebimento do kit. Serão considerados VÁLIDOS os votos que forem RECEBIDOS até o dia 28 de agosto de 2019 na Caixa Postal do Conselho. 
A instrução para votar por correspondência será enviado junto com o kit de votação, se persistir as dúvidas O médico deve enviar email para Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo. ou ligar para (96) 3222-4120; (96) 3222-3810
O médico deve enviar email para Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo. ou ligar para (96) 3222-4120; (96) 3222-3810

Votam: Médicos brasileiros e estrangeiros inscritos no CRM-AP primária e/ou secundariamente que estejam em pleno gozo de seus direitos políticos e profissionais. O médico inscrito em mais de um CRM deverá votar em pelo menos um deles.

Não votam: Médicos exclusivamente militares.

Voto facultativo: Somente aos médicos com mais de 70 anos.

O médico com débitos não será considerado voto válido. Para garantir que o voto seja computado, o médico deve regularizar sua situação financeira perante o CRM-AP até o dia 28 de agosto de 2019.
Se o médico não votar e não justificar a ausência do voto até 60 dias após o encerramento da eleição, será aplicada multa eleitoral. A multa não será aplicada aos médicos que possuem voto facultativo.
Serão eleitos 1 Conselheiro efetivo e 1 Conselheiro suplente do CRM-AP para a Gestão CFM 2019-2024.
Das 13h00 do dia 27 de maio de 2019 até às 19h00 do dia 05 de junho de 2019 na Secretaria do CRM-AP.
Os documentos necessários e a forma de obtenção de cada um, estão descritos no menu CHAPA ELEITORAIS no item REGISTRO DE CHAPA ELEITORAL.
 
O médico eleitor deve preencher o formulário na Secretaria do CRM-AP e anexar o documento comprobatório até 60 dias após o prazo de encerramento da eleição, caso contrário, será aplicada multa eleitoral.